Taxa de Sucesso na Graduação (TSG)

No sentido de buscar uma forma de apresentar à sociedade os resultados das Instituições Federais de Ensino Superior – IFES, em 2002, o Tribunal de Contas da União – TCU definiu alguns indicadores, por meio da decisão nº 408/2002 – TCU, para serem incluídos no Relatório de Gestão das IFES. Tal relatório compreende uma das peças do processo de prestação de contas das instituições e deve ser apresentado anualmente ao TCU.

 
Dos indicadores existentes, a Taxa de Sucesso na Graduação (TSG) possui a capacidade de explicitar problemas ou dificuldades no processo de formação na Universidade, além de desempenhar um importante papel na construção da Matriz Orçamentária. Esse indicador é calculado pela relação entre os alunos diplomados e os ingressantes, ou seja, em relação ao número de alunos ingressos quantos conseguiram finalizar o seu curso. Geralmente, a partir dos resultados da TSG pode-se perceber a existência de problemas como evasão ou retenção nos cursos.
 
Acesse:

Relatório TSG UFRPE 2013

Relatório TSG UFRPE 2014

Relatório TSG UFRPE 2015

Relatório TSG UFRPE 2016

 

As orientações do TCU para cálculo da TSG, bem como para os demais indicadores de gestão, podem ser encontradas aqui.